Cartilha EPI's

Fonte: Conexão Tocantins

Um trabalhador da construção civil receberá indenização de R$ 30 pela lavagem de seu uniforme, por mês trabalhado. A decisão é do juiz Alcir Kenupp Cunha, em atuação na 5ª Vara do Trabalho de Brasília. De acordo com os autos, o empregado trabalhava como ajudante sinaleiro e utilizava uniforme fornecido pela empresa, a qual alegou que o trabalhador não fazia jus a indenização porque desempenhava suas atividades em área de produção.

Em sua decisão, o magistrado sustentou que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) já firmou entendimento sobre a matéria no sentido de que o empregador é obrigado a arcar com as despesas de higienização de uniforme fornecido ao empregado para uso obrigatório, uma vez que o artigo 2º da CLT estabelece que a empresa deve suportar o risco da atividade econômica.

“Compartilho desse posicionamento e entendo devida a indenização pela lavagem do uniforme”, concluiu o juiz responsável pela sentença ao arbitrar o valor de R$ 30 para o trabalhador, que, em sua ação judicial, havia solicitado o valor de R$ 40.

Processo nº 0000150-40.2015.5.10.0005

Facebook

Convênios

 

 

Kit Churrasco

 

ODAIR JOSÉ

Presidente

Faça seu Login

Visitantes

Temos 53 visitantes e Nenhum membro online

Sub-sedes

 

Nova sede


Nova Sede do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis de Maringá e Região

Uma estrutura maior para dar um bom atendimento aos trabalhadores, agora

em novo Endereço na AVENIDA BRASIL, 957 ZONA 3 Maringá Pr

Boa Notícia

Ganhador Kit

 

O kit churrasco referente ao mês de setembro saiu para os trabalhadores associados do Posto Borba Gato em Maringá, parabéns companheiros boa confraternização.
A UNIÃO É O NOSSO COMBUSTÍVEL

 

 

Todos os direitos reservados ao SINTRAPOSTOS-MGÁ - Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Maringá e Região    

copyright © Ano 2015 - 2016